Como Investir No Seu
Armário Quando Não
Se Tem Dinheiro

É muito fácil você não querer pensar na situação das suas roupas quando o seu dinheiro se destina para outras coisas além do seu armário.

Pois bem, aqui está o desafio que proponho à você, caso não tenha nenhum dinheiro para investir em roupas.

1. DESCARTE

Livre-se de toda e qualquer peça que você torça o nariz, imediatamente, ao olhar para ela. Sem dó nem piedade.
Você se sentirá muito melhor descartando o que não gosta mais ou com a qual você não se identifica mais.
Você até pode ganhar um dinheiro extra se colocar estas peças para vender. Leve para brechós ou venda na internet!

2. ESTÁ TUDO BEM VESTIR A MESMA ROUPA COM FREQUÊNCIA

Acabe de vez com a ideia de que você tem que ter um look diferente todo santo dia. Isso é bem comum em adolescentes do ensino médio… rsrs.
Ninguém se importa. Ninguém repara.
Acredite!

3. JUNTE NO MÍNIMO R$500,00

Mesmo que demore um pouco para você juntar esta quantia, estabeleça uma meta mínima e máxima para você juntar pelo menos R$500,00.
Você pode abrir mão de certas coisas que costuma fazer e direcionar o que economizou para as suas novas roupas.

4. INVISTA DE 3 À 5 PECAS DE QUALIDADE

Elas não precisam ser neutras, mas sugiro que tenham uma pegada clássica, que combine com o que você tem e usa.

Outra alternativa, caso não queira se privar dos momentos bons em prol da economia para comprar roupas, é fazer aos poucos está compra.
Você pode aproveitar as liquidações e promoções, focando em peças essências e de qualidade.
Nada de comprar impulsivamente roupas que não tem nada a ver com você, que você não vai usar de jeito algum ou que sejam somente bonitas – e deu vontade de ter.

5. FAÇA UMA TROCA DE ROUPAS COM AMIGAS QUE TENHAM O MESMO TAMANHO QUE O SEU

Muito comum lá fora, este hábito além de promover um descarte rápido de peças que você não quer mais, proporciona uma oportunidade para que alguém tenha algo que não poderia comprar numa loja. Assim como você!

Você pode fazer no salão de festas do prédio, na sua casa e transformar isso num encontro trimestral ou semestral.
As peças que não forem trocadas, poderão ser doadas para instituições de caridade.

6. COMECE A PENSAR NO ATO DE SE VESTIR COMO UM PROBLEMA QUE PRECISA DE UMA SOLUÇÃO.

Problema: você precisa de roupas para se vestir e você precisa se sentir FANTÁSTICA consigo mesma.
Agora, trate de ir direto para o seu armário com está frase final na sua mente.

Seja sincera com você mesma, ok?
Quantas peças de roupa você tem dentro do armário que não tem mais a mínima lembrança da sua existência?
Vai me dizer que você não tem as suas preferidas?

Com certeza, toda vez que você vê uma roupa bonita na vitrine, fica tentada a comprar simplesmente porque é bonita. Mesmo não tendo aonde usar…
Portanto, você legitimamente não precisa ter 20 calças jeans, 15 calças pretas, 10 beges e assim por diante!
Seria muito esperto da sua parte parar de despender dinheiro desta maneira, não concorda?

7. HESITE EM GASTAR O SEU DINHEIRO COM ROUPAS SEM QUALIDADE

Você entra na FOREVER 21 (a maioria das mulheres ama) e se depara com uma infinidade de peças penduradas na sua frente.
Você olha todas as araras e cada uma oferece uma promoção de uma variedade de roupas.

Claro, você pensa que estará fazendo um ótimo negócio comprando MAIS peças num preço bem MENOR, não é verdade?
Mas, convenhamos: quanto tempo dura uma peça dessas? Um ano?

Portanto, tenha restrição. Não jogue um bando de roupas no carrinho porque estão baratas. Elas estão lá e você acaba caindo no mito de que a abundância lhe trará o que vestir.

A abundância de roupas NÃO vai lhe dar grandes looks!
A abundância apenas lhe dará um armário abarrotado de roupas. E na maioria das vezes, desorganizado.

Bem, chegamos ao final e proponho que você reflita nestas questões toda vez que sair às compras.

O seu mantra será: Na dúvida, NÃO COMPRE!!

Claro que mudar a sua mentalidade envolve o desejo sincero de adotar outro estilo de vida. Pense e avalie o que você vai ganhar e o que vai perder.
E assim que se certificar que estará pronta para mudar, MUDE!

Deixe aqui os seus comentários, sugestões, dúvidas e pensamentos. E não deixe de compartilhar com alguma amiga que precisa ler essas palavras!

Até breve!
Beijos
Cintia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *