Como A Falta De Sono Afeta
A Sua Organização E O Que Fazer

Não há nada pior para uma pessoa que tem que dormir cedo, ficar na cama de olhos bem abertos – simplesmente por falta de sono.

Hoje, a história é sobre a Marta e ela é exatamente assim: uma notívaga crônica. De noite, frequentemente, ela fica de pé até às 2:00 da manhã ou mais.
E de manhã, ela aperta o botão de soneca do alarme repetidas vezes até finalmente se levantar da cama se arrastando, e claro, acaba chegando tarde no trabalho de novo…

Marta adotou um padrão de trabalhar até mais tarde para compensar os seus atrasos habituais,  chegando em casa por volta das 20 horas ou mais.
E já que não consegue estabelecer uma rotina para dormir cedo, ao final do dia, já está acabada, sem a mínima vontade de lavar os pratos, responder aos e-mails ou pagar as contas.

Não dando a mínima para a bagunça da casa, se joga no sofá com um lanche que esquentou no microondas e come enquanto joga paciência no computador ou celular.
Sua noite termina com alguns telefonemas, nas mídias sociais, na internet e assistindo séries da Netflix até tarde da noite.
E finalmente, Marta se arrasta até a cama e ainda lê um pouco até os seus olhos não aguentarem mais ficar abertos .

Como  ela acorda todo santo dia atrasada e administra mal o seu tempo, Marta sempre se sente cansada e vive na correria.
Raramente ela reserva um tempo para poder se exercitar, cuidar dela mesma e muito menos para colocar a casa em ordem.

Os e-mails ficam para serem abertos por dias e embora ela perca horas e horas no Facebook, acaba não conseguindo assistir aos vídeos das suas sobrinhas no Facebook, porque não consegue priorizar o que ver nas mídias sociais. Acaba sempre se distraindo com coisas que não são necessárias no momento.

As tarefas são corridas e raramente finalizadas, contribuindo assim para a desordem da casa em geral.
Quanto mais caótica sua vida fica mais dificuldades ela enfrenta para lidar com ela.

Essas consequências acabam virando pensamentos, tais como:
“Qual diferença faz ter mais um prato ou xícara sujos? Ninguém vai notar mesmo no meio dessa bagunça…”
“Daqui a pouco eu vejo isso…”
“Daqui a pouco eu faço isso….”

Bem, essa é a história da Marta. E a sua, qual é?
O quanto você fica assim por simplesmente ter falta de sono?

Para muitos adultos com déficit de atenção, o pensamento de adormecer facilmente, permanecer a noite toda dormindo e acordar com facilidade – e energizado – parece apenas um sonho.

Dicas de como driblar as CONSEQUÊNCIAS que ocorrem por causa da falta de sono.

Mas, você pode estar se perguntando o porque disso acontecer e o que causa isso?
Bem, os estudos que relacionam o TDAH e a falta de sono foram negligenciados durante muito tempo por várias razões.
E não entrarei no mérito da questão, mas sim irei dar dicas para driblar os efeitos. Vamos a elas!

1 • VOCÊ TERÁ QUE APRENDER A PRIORIZAR OS PROBLEMAS QUE PRECISA RESOLVER.
Com a ajuda de um profissional ficará mais fácil saber por onde começar e consequentemente a sensação de estar sobrecarregada diminuirá, com isso, você se sentirá mais relaxa e aliviada.
O momento agora é de resolver os problemas dando um passo de cada vez. Esse deve ser o seu mantra: melhorar pouco a pouco.

2 • AUMENTE O SONO PARA REDUZIR O CAOS
Quanto mais horas de sono você tiver mais disposta estará para o dia seguinte.
Talvez, esse seja um dos hábitos mais difíceis a serem implementados e terá que ser feito gradualmente.
Comece se desligando de tudo que estimule você e a sua mente.
Vá para cama – pelo menos 15′ antes do seu horário habitual – com o quarto já com a luz reduzida e adote sons de chuva, ondas e sons calmos, tranquilos e serenos para te induzir ao sono. Ou leia até adormecer.
A prioridade aqui é tentar mudar o seu padrão.

3 • CRIE UMA ROTINA
Uma vez que você tenha regulado o padrão do seu sono, você terá mais energia e mais tempo para se dedicar a outros aspectos da sua vida e criar rotinas para os seus dias.
Você passará a chegar cedo do trabalho, e você poderá fazer uma refeição leve sem gastar muito tempo na cozinha, checar os seus e-mails depois e até pagar as contas.

4 • DESENVOLVA TAREFAS COM TEMPO LIMITADO
Crie uma rotina das tarefas de casa, estipulando “blocos” de tempo.
Por exemplo: o que você pode fazer em 5′, 10′, 15′ ou meia-hora enquanto espera a roupa acabar de centrifugar ou enquanto espera a comida  que está no fogo ficar pronta?

Se você não conseguir fazer essas pequenas mudanças por si só, pense no quanto seria benéfico buscar ajuda de uma profissional de organizacão.
Ela iria lhe ajudar a entender melhor as suas dificuldades, ajudando você a desenvolver novos hábitos.

Espero que tenha gostado dessas dicas, que colocando em prática te ajudaram muito.
Se você ao ler esse artigo lembrou de alguém, não se esqueça de compartilhar! 😉

Até breve!
Beijos, Cintia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *